48 99936 9200
madeiramarestaleiroescola@yahoo.com

Qual o projeto de barco ideal para o construtor iniciante?

Madeira Mar - Estaleiro-Escola em Florianópolis, SC

Qual o projeto de barco ideal para o construtor iniciante?

Escolher um projeto para construir um barco em casa, seja ele um veleiro, caiaque, barco a remo ou barco a motor, é o passo mais importante para o construtor artesanal. O projeto vai definir o custo do material, o tempo de construção, e as características de navegação, que incluem tamanho, capacidades, desempenho, segurança e durabilidade. Por isso, na hora de escolher, não dá para considerar o preço do projeto por si só. Há muitos projetos gratuitos, mas se o material especificado for muito caro, ou a técnica construtiva exigir moldes e ferramentas especiais, o projeto vai sair muito mais caro.

Peregrino 190: Apenas 6m de comprimento, com muito espaço no cockpit, banheiro fechado, cozinha e um salão generoso que se converte em um beliche. Um veleiro rápido, fácil de velejar e cuja construção é acessível em termos de custo e técnica.

A técnica construtiva define o tempo de construção e o investimento em material. Para o iniciante o método “costure e cole” é o mais indicado, pois exige poucas ferramentas e a curva de aprendizado é a mais rápida. Tolera pequenos erros de corte e montagem, e resulta em barcos leves, fortes e duráveis. Para construtores experientes este método também é o melhor. Um construtor experiente executará o projeto em muito menos tempo e com melhor acabamento.

Em termos de custo, o “costure e cole” é o que oferece o melhor custo-benefício. Usa basicamente compensado naval e poucas madeiras brutas. Dispensa madeiras de lei, que são raras e caras, e dispensa parafusos, pregos e outros fixadores metálicos. A resina epóxi, embora tenha custo elevado, é usada em pequena quantidade, e resulta em cascos muito mais duráveis do que os de fibra de vidro convencionais ou barcos de madeira tradicionais. Assim o custo de manutenção deles é muito baixo.

Definida a técnica construtiva, é hora de escolher o desenho do barco. Se você quer começar com um barco simples de construir, procure um projeto de caiaque, canoa (a remo ou a vela) ou barco a motor que possa ser guardado em casa e transportado no teto do carro. Talvez seja a hora de aprender a velejar! Um projeto de veleiro aberto, sem cabine, de até 4m de comprimento será uma ótima escola de construção e vela!

Barcos maiores exigirão mais recursos, espaços, e possivelmente uma carreta rodoviária, ou uma poita ou local próximo à água para guardar. Porém, há excelentes opções de veleiros cabinados de pequeno porte, rápidos, espaçosos, e que podem ser construídos com orçamento reduzido, como o Pequeno Príncipe 135 ou o Peregrino. O tamanho do barco não é indicativo da complexidade, pois nossos projetos de barcos cabinados usam as mesmas técnicas construtivas dos barcos pequenos. Porém, vão exigir mais tempo, pois serão mais peças para cortar e colar, e uma área maior para laminar, lixar e pintar.

Barcos maiores também permitem instalar um sistema elétrico e hidráulico para ter muito conforto à bordo. Neste caso, cursos de elétrica e instalação naval serão muito úteis para você criar, instalar e manter em ordem os equipamentos de seu barco.

Com isto em mente, você pode definir melhor quais os fatores limitantes (custo, tempo, espaço) e quais os seus desejos (tipo, tamanho, qualidades de navegação), e poderá fazer uma escolha acertada, que lhe dará muitas alegrias e pouca dor de cabeça. E conte com nossa ajuda para fazer esta escolha.

Dica: quando definir os projetos que interessam, adquira Planos de Estudos deles. Assim você poderá comparar suas qualidades, custo de construção, tempo de construção e complexidade construtiva. Planos de Estudo são baratos, e valem o investimento. Pois mais caro que um plano de estudo é construir o barco errado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Madeira Mar
%d blogueiros gostam disto: